Aula Magna dos Cursos de Letras e Pedagogia aborda os desafios da Educação no Século XXI

Na noite do dia 05 de fevereiro, os alunos dos Cursos de Letras e Pedagogia participaram da Aula Magna que marcou o início do 1º semestre letivo. Eles prestigiaram a palestra: “Ser professor no Séc. XXI e o enfrentamento de novos desafios”, minis-trada pela Profª Ma. Ana Maria de Paiva Alves e Silva.

A palestrante compartilhou com os alunos novatos e veteranos suas experiências na docência e gestão escolar.

A professora ressaltou a importância do trabalho com projetos para a superação de desafios e o alcance de uma aprendizagem efetiva.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em sua apresentação Ana Paiva relatou que ser professor é muito mais do que dominar o conteúdo a ser lecionado, pois é necessário ter a sensibilidade para perceber a heterogeneidade de cada sala de aula e aplicar metodologias que proporcionam a aprendizagem significativa. Ela defende “concepções de ensino que consideram relevantes os conhecimentos conceituais, procedimentais e atitudinais. A escola deve ser um espaço que possibilite a socialização do conhecimento proporcionando ao aluno a oportunidade de participar ativamente do processo ensino aprendizagem”.

A respeito da Aula Magna a aluna do Curso de Pedagogia Renata Silva disse: “Pude perceber os desafios que o professor enfrenta para conseguir  motivar o aluno a aprender e o quanto a carreira docente exige constante aprimoramento”.

O aluno do 1º período de Letras, Juan Lemos relatou que a palestra desconstruiu sua antiga forma de pensar. “Meu objetivo é ser professor e essa palestra me despertou para novas possibilidades de atuar em sala de aula visando ao aprendizado”.

Na visão da coordenadora do Curso de Letras, Profª. Ma. Patrícia de Lucas Caldeira Rocha “a palestra proporcionou aos alunos a aquisição de conhecimentos indispensáveis para as práticas pedagógicas que visam à aprendizagem efetiva”.

Para a coordenadora do Curso de Pedagogia, Profª. Ma. Ana Carolina Carneiro Lopes, “a Aula Magna proporcionou aos alunos a chance de refletirem sobre a atual realidade escolar e o papel que devem assumir, como futuros educadores, no sentido de terem a sensibilidade para estimular o educando a participar das atividades acadêmicas e ser agente do seu aprendizado”.