Pedagogia

O curso

O curso visa à formação de profissionais para atuar como docente da Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental e como gestor do trabalho pedagógico.

Na educação não-formal o pedagogo poderá atuar como: assessor pedagógico ou gestor de RH em empresas e organizações; assessor pedagógico em setores de comunicação, atuando, por exemplo, na orientação pedagógica para produção de materiais informativos e no uso pedagógico de novas tecnologias de comunicação e informação; assessor ou consultor pedagógico a serviço de difusão cultural.

O Curso de Pedagogia há 50 anos vem formando profissionais para área de educação.

Habilitação: Licenciatura
Carga horária total: 4200 horas (incluindo Estágio supervisionado, Prática de Formação e Atividades Acadêmico Científico Culturais).
Nº de dias letivos anuais: 200 (duzentos) dias
Nº de dias letivos semanais: 06 (seis) dias
Nº de aulas diárias: 04 (quatro) aulas
Duração módulo/hora: 50’ (cinquenta) minutos
Tempo de integralização: Mínimo: 03 (três) anos e meio – 7 semestres
Máximo: 07 (sete) anos – 14 semestres
Turno de funcionamento: Noturno
Regime: Semestral
 

Diferencial do curso

O percurso do processo de formação para a competência profissional do pedagogo assenta-se em três pressupostos: construção do conhecimento e pesquisa; formação integrada e trabalho em equipe; articulação entre teoria, prática e experiência profissionais. Entendidos da seguinte maneira:

Construção do Conhecimento e Pesquisa: Dominar conhecimentos não se refere apenas à apropriação de dados objetivos pré-elaborados, produtos prontos do saber acumulado. Mais do que produtos, trata-se de processos, ou seja, da própria produção dos conhecimentos. Todo conteúdo de saber é resultado de uma construção de conhecimento e, portanto, ensino e aprendizagem se constituem, em última análise, em um processo de pesquisa.

Formação Integrada e trabalho em equipe: A complexidade da educação como prática social não permite tratá-la como fenômeno universal e abstrato, mas sim imerso num sistema educacional, em uma dada sociedade e em um tempo histórico determinado. Uma organização curricular propiciadora disso tem que partir da análise do real com o recurso das teorias, da cultura pedagógica, para propor e gestar novas práticas, num exercício coletivo de pesquisa e de criatividade.

Articulação entre teoria, prática e experiências profissionais: A integração entre a teoria e a prática é exigência do processo de formação do pedagogo. Daí a necessidade de que o currículo envolva um contínuo e permanente processo de prática de ensino, entendida esta como mediação de ensino e de aprendizagem no âmago do qual o fazer concreto, orientado pelo saber teórico, possa integrar e consolidar a formação do profissional.
 

Depoimento dos alunos

"O Centro Universitário contribui decisivamente para a formação de seus alunos e não é diferente no Curso de Pedagogia. O profissional egresso do curso de três anos e meio, está apto a uma ampla atuação, lecionando ou aplicando ao cotidiano de vários setores que envolvam o aspecto educativo, os conceitos apreendidos em sala.
Não surpreende o fato do curso atingir a excelência, uma vez que alia a teoria à prática, incentiva o estágio e a ação do voluntariado, assim não há dúvidas de que a atenção e a qualidade dos professores são diferenciais para o desenvolvimento de um profissional, com a nobre responsabilidade de mudar um país pelo caminho mais curto: a educação".
Marina Leite - aluna formada em 2012

 Áreas de atuação

O curso de Pedagogia do Centro Universitário de Itajubá, forma profissionais para atuar:

  • como docente da Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental;
  • como gestor do trabalho pedagógico em suas diferentes funções: administração, planejamento, supervisão escolar, coordenação pedagógica e orientação educacional da Educação Básica.

Embora a escola continue sendo o locus preferencial de atuação do pedagogo, atualmente muitas outras oportunidades e campos de trabalho se abrem para aqueles que se dedicam à Educação.

Na educação não-formal o pedagogo poderá atuar como:

  • Assessor pedagógico ou gestor de RH em empresas, organizações governamentais e não-governamentais, atuando na gestão pedagógica e administrativa de pessoal, orientação de estágios, formação e/ou capacitação profissional em serviço presencial ou à distância;
  • Assessor pedagógico em setores de comunicação, em empresas ou outras instituições, atuando, por exemplo, na orientação pedagógica para produção de materiais informativos, instrucionais (didáticos e para-didáticos) e no uso pedagógico de novas tecnologias de comunicação e informação;
  • Assessor ou consultor pedagógico a serviço de difusão cultural (museus, centros culturais, bibliotecas, brinquedotecas, cineclubes) e de comunicação de massa (jornais, revistas, televisão, rádios, editoras, agências de publicidade, indústria de brinquedos etc);

Como assessor/ gestor de programas e projetos de natureza sócio-educativas, nas seguintes áreas ou locais:

  • educação para a saúde (hospitais , Centros de Saúde, etc...);
  • educação para o trânsito (setor de planejamento urbano, transportes, etc...);
  • promoção social (empresas, órgãos públicos, ONGS);
  • educação ambiental (empresas, órgãos públicos, ONGS);
  • recreação e lazer (clubes, entidades de classe, hotéis e instituições ligadas ao turismo);

Como profissional liberal, o pedagogo pode atuar como:

  • consultor pedagógico: para projetos de educação à distância, gestão de pessoas, gestão do conhecimento, etc;
  • assessoria educacional: gestão, avaliação, legislação educacional (instituições públicas e privadas);
  • orientação de estudos.

 

Profissão

Em 15 de maio de 2006, pela Resolução nº 01, do Conselho Nacional de Educação, foi determinada a nova organização do Curso de Pedagogia. Nos termos da referida Resolução, o Curso de Pedagogia tem por objetivo a formação de professores para exercer as funções de magistério na Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, nos cursos de Ensino Médio, na modalidade Normal assim, como em outras áreas nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos.
Dessa forma, as atividades docentes do formando em Pedagogia compreendem a participação na organização e gestão de sistemas e instituições de ensino. Portanto, é central para a formação do licenciado em Pedagogia o conhecimento da escola como organização complexa; a pesquisa, a análise e aplicação dos resultados da investigação de interesse da área educacional; a participação na gestão de processos educativos e na organização de sistemas e de instituições.
 

Locais de estágio

O estágio curricular pressupõe atividades pedagógicas efetivadas em um ambiente institucional de trabalho, reconhecido por um sistema de ensino, que se concretiza na relação interinstitucional, estabelecida entre um docente experiente e o aluno estagiário, com a mediação de um professor supervisor acadêmico. Portanto, deve proporcionar ao estagiário uma reflexão contextualizada, conferindo-lhe condições para que se forme como autor de sua prática, por meio da vivência institucional sistemática, intencional, norteada pelo projeto pedagógico da instituição formadora e da unidade campo de estágio.
O Estágio Supervisionado será realizado, ao longo do curso em Educação e Creche, Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, destacando também, a gestão dos processos educativos em cada nível escolar, como: planejamento, implementação e avaliação de atividades escolares, que amplie e fortaleça atitudes éticas, conhecimentos e competências, conforme o previsto no projeto pedagógico do curso.
Para tanto, os alunos precisam vivenciar situações em que possam discutir os problemas do cotidiano e analisá-los à luz das teorias estudadas, a fim de elaborar estratégias de intervenção que permitam tomadas de decisões adequadas. O estágio supervisionado é o espaço em que os estudos teóricos se confrontarão com os aspectos práticos, favorecendo a relação teoria-prática que caracteriza o trabalho pedagógico.
Durante o estágio, o licenciando deverá proceder ao estudo e interpretação da realidade educacional do seu campo de estágio, desenvolver atividades relativas à docência, produzindo uma avaliação desta experiência e sua auto-avaliação. No plano curricular do presente projeto o Estágio Supervisionado será realizado nos seguintes períodos:

Estágio Supervisionado em Creche - 100 horas – 4º período;
Estágio Supervisionado em Educação Infantil – 150 horas – 5º período;
Estágio Supervisionado em Anos Iniciais do Ensino Fundamental – 150 horas – 6º período;

Os estágios supervisionados descritos acima devem igualmente, preparar para o exercício coletivo da docência e da gestão, na perspectiva de que as demandas e tarefas do cotidiano escolar precisam ser compreendidas e respondidas como exigências a serem coletivamente elaboradas, executadas e acompanhadas. As experiências docentes dos alunos que já atuam no magistério devem ser valorizadas como referências importantes a serem discutidas e refletidas nas aulas, programando seu aproveitamento como outra mediação de seu processo formativo.

Educação continuada

Com intensidade muito maior do que em qualquer outra época, a educação vem sendo objeto de discussão. Discute-se o acesso, o perfil do profissional, discute-se o que fazer para tornar o processo ensino/aprendizagem mais eficaz. Assim, é preciso que esse profissional esteja em constante atualização por meio de cursos de pós-graduação para garantir sempre um aprendizado significativo aos seus alunos.

 

Eventos

O Curso de Pedagogia do Centro Universitário de Itajubá tem como prática os seguintes eventos: Ação Social - Pintura de Rosto, Projeto Viva a Leitura Viva, Mesa Redonda. Palestras, Dia da Responsabilidade Social.

 

Sobre o curso

Turno: Noturno
Duração: 4 anos
Período : Semestral
Coordenador: Profa. Ma. Ana Carolina Carneiro Lopes

Profa. Ma. Ana Carolina Carneiro Lopes
Tour virtual