scaneie o código ou clique aqui

“O que você teme depois da Formatura?” é tema de palestra promovida por alunos do curso de Medicina Veterinária

Inseguranças e medo do que vão enfrentar pela frente são comuns em alunos que estão perto de se formar e em profissionais recém-formados; visando auxiliá-los nessa fase, a Liga Acadêmica em Clínica Médica e Cirúrgica de Cães e Gatos promoveu a palestra “O que você teme depois da Formatura?” ministrada pelo Engenheiro e Coaching, Matheus de Moura Sampaio, na noite do dia 12/03.

Matheus de Moura Sampaio levou os alunos a refletirem sobre a maneira com que encaram responsabilidades, incentivando-os a pensar nelas como “a habilidade de responder e não como um peso”. E os instigou: “Quem colocou esse peso, os outros ou vocês mesmos? Nossa visão é passiva, vejo e acredito, mas o que vemos e percebemos nem sempre traduz a realidade, é preciso investir em autoconhecimento e se perceber nas situações, questionar, olhar outros ângulos”.

Sobre a forma de encarar e lidar com as dificuldades, um dos pontos abordados foi a forma de lidar com as matérias que têm dificuldades: “Será que realmente a matéria é chata ou você ainda não trouxe à consciência de que será importante determinado conhecimento para sua carreira. É preciso lembrar o real objetivo das coisas, antes de encará-las” disse o palestrante.

Dicas práticas sobre como lidar com inseguranças foram citadas por Matheus Sampaio: “Tenha em mente que ninguém sabe do futuro; todos têm medos e o medo distorce as coisas, porém, os mais confiantes os distorcem a seu favor, esperam por algo melhor, tendo projeções boas. Questione-se sobre o que acredita e por que dessas crenças”.

Aproveitar situações difíceis para colher feedbacks foi outro ponto trazido na palestra: “Nós é que definimos o peso que damos às pessoas e ao que elas dizem e fazem. Não existe fracasso, existe feedback, tudo pode ser usado a nosso favor. Aprenda a dar e receber feedbacks. Sugira melhorias para as pessoas, sobretudo quando algum comportamento te fizer mal. Peça clareza quanto ao que faz de bom e ruim, para corrigir, aperfeiçoar ou manter algum comportamento, por exemplo”.

No final da palestra aconselhou: “Vocês podem fazer o que quiserem, andem com pessoas que admiram e tenham características que desejam ter e desenvolver”. E reforçou: “Se conheçam! Encare os problemas, quando negamos a realidade ficamos sem ferramentas para lidar com ela”.

Para o aluno Breno Pereira Siqueira, “a palestra foi muito boa, nos alertou quanto nosso comportamento no presente e no futuro; certamente o que ouvimos hoje vai contribuir para nos dar mais segurança do que fazer e desenvolver em nós mesmos”.

O coordenador do curso, Prof. Me. Leonardo José Rennó Siqueira ressalta a importância de tal palestra visando contribuir para a potencialização do desenvolvimento das competências humanísticas dos alunos, além de propiciar algumas respostas nas indagações pós formatura.