XV SEBIO – Semana acadêmica do curso de Ciências Biológicas cujo tema foi: “Um olhar biológico sobre o mundo contemporâneo”

A XV SEBIO – Semana Acadêmica do curso de Ciências Biológicas do Centro Universitário de Itajubá – FEPI aconteceu nos dias 28, 29 e 30/08. A Instituição recebeu alunos, ex-alunos, professores, profissionais e interessados em conhecer mais sobre as Ciências Biológicas. Na abertura da SEBIO a Magnifica Reitora do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, Profª Cidélia Maria Barbosa Lima, destacou a organização da semana acadêmica e a importância de eventos desse tipo para agregar mais conhecimentos à formação dos alunos.

Na tarde do primeiro dia da semana acadêmica aconteceu o minicurso, “Ecofisiologia Vegetal”, ministrado pela Profª Dra. Vanessa da Fontoura Custódio que abordou a fisiologia de plantas C3, C4 e CAM e aspectos sobre o trabalho de campo do ecofisiologista vegetal. As 19h aconteceu a palestra de abertura do evento, o Biólogo Mestre e ex-aluno da FEPI, Rafael Albo de Oliveira abrilhantou o evento com sua palestra: “A biologia em ambientes selvagens”, contando sua experiência como guia de ecoturismo no Pantanal Matogrossense. Em seguida, a Psicóloga Andressa Vince, também ex-aluna da FEPI, ministrou a palestra “Como lidar com a depressão e ansiedade na gestão das tarefas de estudo e trabalho”.

Na segunda tarde da SEBIO a coordenadora do Curso de Ciências Biológicas, Profª Ma. Laiz Furlan Balioni, ministrou o minicurso: “Cultura celular primária – técnica de preparo e uso como modelo experimental”, abordando uma discussão sobre as alternativas aos modelos animais em experimentação na área biológica, bioética e os protocolos de preparo de culturas celulares primárias de células eucarióticas. Na noite do segundo dia, o Prof. Dr. Ricardo Mendonça Neves dos Santos falou sobre “Palentologia no século XXI: uma ciência do passado?” onde instigou a discussão sobre as aplicações atuais da paleontologia e os trabalhos na bacia de Taubaté. Em seguida, o Prof. Me. José Roberto da Silva Filho ministrou a palestra: “Serpentes”, instruindo sobre as diferenças anatômicas entre as espécies de serpentes venenosas, picada e primeiros socorros, procedimentos que podem auxiliar no trabalho de campo.

Na tarde do dia 30/08 aconteceu no Centro Veterinário da FEPI o minicurso prático: “Manejo de Serpentes” com o prof. Me. José Roberto da Silva Filho, onde os alunos aprenderam as técnicas de contenção e aspectos importantes sobre o manejo. A última noite do evento teve a presença do Prof. Dr. Leopoldo Uberto Ribeiro Junior, mediando uma mesa redonda sobre “Aquecimento global e alterações climáticas”, que contou como a presença da Profª Dra. Michelle Simões Rebiota e o Prof. Dr. Benedito Cláudio da Silva, foram discutidas as alterações atuais no clima, o aquecimento global, gases do efeito estufa e as perspectivas para o clima da cidade de Itajubá e região.

Segundo relato da aluna do curso, Isabelly Modro Silva: “Todos os minicursos e palestras foram muito bons, o que tivemos de manejo de serpentes foi o que eu mais gostei, o professor nos ensinou de forma incrível, não devemos ter medo das serpentes, são animais que somente atacam se ameaçados, aprendemos muito.”

Na visão da coordenadora do curso, Profª Laiz Furlan Balioni, a SEBIO é uma oportunidade maravilhosa de discussão de temas relevantes, trazendo profissionais de outras instituições e principalmente nossos ex-alunos, com outras expertises e contando um pouco sobre sua experiência na área onde decidiram se especializar, para apresentar seu ponto de vista sobre aspectos que os alunos manifestaram interesse em conhecer mais a fundo, uma vez que os mesmos quem indicam seus temas preferidos para a semana, nas reuniões de colegiado de curso e de organização da SEBIO.

“O evento renova o interesse no curso, desperta novas curiosidades e pode inclusive inspirar novos talentos profissionais para continuidade dos estudos em uma pós-graduação. A SEBIO desenvolve novas competências e habilidades, estimulando discussões e favorecendo outras formas de aprendizado, além do cotidiano da sala de aula. Ouvir o depoimento de profissionais que contam suas experiências com paixão pela profissão que escolheram, estimula a superar os desafios que por ventura possam surgir” concluiu a coordenadora.