scaneie o código ou clique aqui

Aula Magna do curso de Farmácia aborda importância do intercâmbio na graduação

Conhecer novas culturas, imergir em outro idioma, conhecer pessoas e lugares, esses são alguns ganhos que o intercâmbio pode proporcionar, especialmente para estudantes; sobre isso o Dr. Peter Park, convidado para ministrar a Aula Magna do curso de Farmácia, falou com os alunos. A palestra aconteceu no dia 24/02 às 19h, por meio da Plataforma Teams.

“Por que fazer intercâmbio na graduação” foi o questionamento que norteou o bate-papo com os alunos. Peter Park contou sobre sua experiência na Seoul Nacional University, na Coreia do Sul e o quanto isso ampliou sua visão de mundo. Peter incentivou os alunos a serem pesquisadores, afinal: “A pesquisa é uma das pontes mais acessíveis para o exterior” frisou. Ele aconselhou a investirem tempo e dinheiro em experiências e em adquirirem habilidades modernas, como: Programação, edição de fotos, vídeos e, sobre o ensino da língua inglesa, salientou que além do curso de inglês, deve haver empenho em adquirir experiências diversas como uso da língua.

O palestrante falou também sobre o quanto o intercâmbio impactou seu currículo, com oportunidades de bolsa de doutorado em importantes órgãos de fomento (inclusive a Fapesp – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), na área acadêmica e na indústria, além de aumentar sua confiança no inglês. Segundo ele, o aperfeiçoamento na língua o proporcionou melhores oportunidades de trabalho, acesso à informações e conteúdo.

“Fiquei maravilhada com a palestra do Dr. Peter Park” exclamou a aluna Flávia Letícia dos Santos e Silva, do 1º período do curso de Farmácia, “com certeza vou procurar saber mais sobre intercâmbio e o inglês na graduação, algo que antes, me parecia impossível. Agradeço a oportunidade de ter adquirido um pouco da bagagem de conhecimento que ele nos passou, eu realmente adorei!”.

O coordenador do curso, Prof. Dr. Valdomiro Vagner de Souza disse que o Prof. Peter Park se tornou um grande parceiro do curso. “Com sua aula magna, ele conseguiu mostrar, de forma simples, como é ser farmacêutico e pesquisador em outros países e as oportunidades que a Coréia do Sul, Estados Unidos e Holanda oferecem aos nossos futuros Farmacêuticos. É mais uma “porta aberta” para os nossos alunos e futuros profissionais” concluiu o Prof. Valdomiro.