scaneie o código ou clique aqui

“Os cenários e desafios no exercício da profissão” assuntos debatidos na XIX Semana do curso de Psicologia

A Psicologia ganhou ainda mais notoriedade e tornou-se mais requisitada com a Pandemia do Covid-19, com isso, diversos desafios foram impostos e adequações precisaram ser realizadas; esses foram os principais pontos abordados na Semana Acadêmica do Curso que aconteceu no dia 24 a 27/08, no Centro Universitário de Itajubá – FEPI.

Iniciando a Semana Acadêmica, o Magnífico Reitor Prof. Erwin Rolf Mádisson Junior destacou a importância da saúde mental na vida das pessoas. “O isolamento também trouxe muitos danos e, para minimizar esses transtornos, a Psicologia mostrou-se indispensável”. Em seguida celebrou o retorno dos alunos: “Para nós tem sido ótimo retomar o convívio especialmente com os alunos. Sentir saudade não é fraqueza, é um privilégio humano. Estávamos com muita saudade! É um prazer tê-los de volta”.

Também presente na abertura do evento, que ainda aconteceu no formato remoto, o Vice-Reitor Prof. Luís Henrique Sales Oliveira, destacou a importância de os alunos aproveitarem a oportunidade de participarem desses eventos e de se cuidarem, afinal, para atenderem bem, precisam estar bem.

A primeira palestra foi ministrada pela Psicóloga Marcela Carvalho, que mostrou estudos recentes que abordaram as sequelas neuropsicológicas de pacientes acometidos pelo Covid-19 e o compromisso da Psicologia frente à pandemia e os danos causados por ela.

Mindfulness, foi o segundo tema abordado. A aluna do 10º período do curso, Yasmin Mendonça explicou que o conceito pode ser definido como: atenção plena, um estado mental um insight ou um conjunto de práticas vivenciadas no presente. Ela contou sobre o surgimento prática, os ganhos possíveis na concentração, diminuição de ansiedade etc. “É possível começar a praticar com poucos minutos, com o auxílio de profissionais especializados, mas a iniciação pode ser realizada por meio de aplicativos de meditação guiada.

A Psicóloga Patrícia Silveira de Souza, no segundo dia do evento, destacou os “Desafios e reflexões sobre a clínica-psicanalítica com as crianças na atualidade”. “Precisamos buscar a verdade, investigar, não apenas se ater ao que é dito”. E em seguida “Comprometimento Cognitivo em pacientes pós-Covid-19 – As contribuições da Neuropsicológica” foi a palestra ministrada pela Psicóloga Maria Andreia da Nobrega Marques, frisou os danos causados pelo impacto direto na saúde da população, impacto no sistema de saúde e consequências sociais e econômicas, mostrando importância da equipe multidisciplinar no diagnóstico e tratamento de pacientes Pós-Covid.

As regras que tem regulamentado o exercício da profissão, especialmente os atendimentos on-line foi o assunto trazido pela Psicóloga Fiscal do Conselho Regional de Psicologia, Marcela Maria Borges Leite, expos as resoluções que norteiam a prestação de serviços psicológicos realizados por meios de tecnologias da informação e comunicação.

“Podemos e devemos usar recursos para promover a profissão, mas existe uma forma mais adequada. É preciso estudar e se inteirar para não passar para a sociedade uma ideia de que é de qualquer jeito porque não é. O atendimento on-line não é o ideal, mas em situações críticas, precisamos analisar o que trará o menor prejuízo”.

“Espiritualidade e sentido da vida no contexto da pandemia do Covid-19” foi o tema que a Psicóloga Mônica Tatiane de Souza Gonçalves abordou. Salientando a importância da fé como recurso fortalecedor da pessoa. “Não é nossa missão impor uma religião. Precisamos identificar o que o paciente traz e utilizar isso como recurso também. A religiosidade a fé é parte do paciente, nosso papel é acolher a pessoa como um todo”.

Além das palestras, a Semana do Curso de Psicologia contou com atividades também no período da tarde: Oficinas In-book em parceria com o Sebrae, sobre Propósito e Criatividade e uma roda de conversas sobre a profissão.

Enriquecida com o conteúdo apreendido a aluna disse: “A Semana da Psicologia foi uma experiência única. Além de que as temáticas desenvolvidas, as palestras e as oficinas trouxeram debates importantíssimos para o cenário que estamos vivendo”.

A coordenadora do curso Profª Drª Rosana Mohallem agradeceu a presença de todos, ressaltou os 59 anos de regulamentação da Psicologia como profissão no Brasil, sendo momento de comemoração e reflexão sobre os desafios e compromissos de uma área que se depara, a todo o momento, com inúmeras possibilidades de inserção e de relação com a sociedade. Destacou também que a Semana Acadêmica do Curso de Psicologia já está na 19ª edição, reunindo alunos, profissionais e pessoas da comunidade para compartilhar conhecimentos da Psicologia enquanto ciência e enquanto profissão.